AEROPORTO Charles de Gaulle e voando com a AIRFRANCE

Fim. Acabou a viagem para Paris. Foram 14 dias inteiros na cidade de Paris e arredores.

Tentamos ir para o aeroporto da forma mais econômica e confortável. Pensamos que o ônibus Roissy Bus era de viagem, do tipo executivo, mas é um ônibus normal. Custou 11 euros para cada um a passagem saindo da Opera de Paris até o Aeroporto Charles de Gaulle. com certeza foi bem mais barato do que ir de taxi. No ônibus tem wi-fi razoável e espaço limitado para colocar a bagagem. Demos sorte de não estar lotado.

Chegando no aeroporto fomos fazer o “detaxe” ou “taxfree” de algumas coisas que conseguimos comprar e concentrar em uma única loja. No vídeo eu explico como funciona. Não vou me estender nesse assunto aqui porque vamos fazer um vídeo e um post exclusivo sobre isso no futuro.

Chegamos cedo no aeroporto para o horário do nosso embarque, por dois motivos, para evitar atrasos e aproveitar a sala vip.

Infelizmente o acesso para a sala vip não deu certo. Pois é. Por questões de segurança o acesso aos terminais é liberado pelo que determina o cartão de embarque do passageiro. No terminal onde embarcamos, o 2E até tinha salas vip que poderíamos utilizar. Os demais portões do terminal 2E, onde estão as salas vip que poderíamos acessar, tem um acesso por outro controle de raio-x  e ao passar o cartão de embarque na leitora nossa passagem foi negada pelo sistema. Mesmo assim, tentei explicar dizendo que era para acessar a sala vip e não adiantou.

A Cia Aérea AirFrance tem  um conjunto de portões de embarque cujo acesso é exclusivo aos seus passageiros e para isso existe uma linha de controle de raio-x próprio. Até existe uma sala vip nesse conjunto de portões de embarque, mas é exclusiva da AirFrance e o acesso só é permitido aos passageiros que estiverem voando nas classes executiva e primeira classe. Nem adianta ser elite top plus master de outra Cia Aérea ou até da AirFrance, se não estiver com bilhete de voo das classes executiva e primeira classe, não vai entrar. Ainda perguntei, e se eu quiser pagar? Não. Mostrei o cartão de crédito, mesma resposta, não… Quis tirar mesmo a dúvida pra poder falar para as pessoas que iriam assistir os vídeos e os leitores do blog.

Já desanimada e com pelo menos 1h30 de espera até o embarque, descemos e fomos andar pelo terminal e ver o que tinha ali. Não tem muitas poltronas ou bancos que acomodem a todos os passageiros da classe econômica de um voo, o que faz as pessoas circularem pelo saguão e cria a ocasião para o consumo nas lojas existentes. Eu estava com fome, então fui ver o que tinha para comer. Logo na entrada do terminal tem uma espécie de restaurante misturado com cafeteria, com auto serviço onde cada coisa tem um preço. Se você comer pouco vai gastar em média 10 euros. Nessa hora eu pensei que foi bom ter ido de ônibus para o aeroporto ao invés de táxi porque me sobrou dinheiro para comer, rsss… me chamem de pão dura, nem ligo, prefiro gastar meu dinheiro em cremes, rsss. Peguei uma torta de legumes e um cappuccino, foram quase 20 euros. Haviam outros quiosques de gêneros alimentícios, com lanches e doces, mas, por ser domingo e feriado de 1 de maio, estavam quase todos fechados. Ou seja, só tinha uma opção para comprar alguma coisa para comer.

Depois de comer só nos restava esperar pelo embarque, conseguimos um sofá para sentar e ficamos esperando. Começaram a anunciar a chamada para o embarque já dizendo desde a primeira vez que era a última chamada para o embarque. Seria cômico não fosse pelos quase 20 idosos (inclusive com muletas) que eu contei de longe que prontamente se colocaram de pé e esperaram na fila. Desse momento até o efetivo embarque, se passaram cerca de 25 minutos. Depois que boa parte dos passageiros se colocou de pé, os funcionários começaram a chamar os passageiros da classe executiva e primeira classe, isso durou por uns 20 minutos, até que só então começaram a permitir que os demais passageiros que já estavam na fila em pé pudessem entrar na aeronave. Mais um detalhe é que existem duas checagens do seu passaporte. Na fila por uma funcionária e de novo na ponta da fila imediatamente antes da porta que dá acesso ao avião. Ambas realizam a mesma verificação. A princípio eu imaginei que na porta só teria que mostrar a passagem, mas não o passaporte foi verificado novamente, e eu me perguntei o que teria feito a primeira funcionária? nada?

O serviço de bordo da AirFrance foi uma surpresa para mim. Eu já tinha voado com a KLM e confesso que fui com a mesma expectativa por elas serem parceiras.

Os assentos são razoáveis, mas a AirFrance peca e muito por cobrar dos passageiros a marcação antecipada de assentos, e ainda um pouco mais se eles estiverem em uma fileira dupla (pois é). Nós conseguimos marcar os assentos antes porque vinculei meu número fidelidade no bilhete aéreo e para os participantes dos programas de fidelidade não é cobrado.

Os fones de ouvido só começam a ser entregues depois que a aeronave decola, ficamos quase 30 minutos esperando, acabei usando o meu próprio fone de ouvido. O menu de filmes é bom pelo menos, com bastante variedade.

As refeições não agradaram o meu paladar e o serviço também não. 10 a zero para a KLM nesse quesito. Se você puder escolher entre as duas cias aéreas, não duvide, compre seu voo na KLM. Vou detalhar o máximo que eu puder. A começar pelo pré serviço de bordo, que na KLM oferecem uma toalha quente e úmida para a gente limpar as mãos, na AirFrance não tem nada. As opções são até que boas enquanto no cardápio, mas quando chega a bandeja com o prato é que vem a decepção. Os talheres são de plástico. O pão que acompanha vem frio para gelado. A comida não é pouco temperada, é sem tempero mesmo. No café da manhã serviram um omelete que espumava e não era cremoso de gostoso, era um cremoso de cru com espuma. Dei uma chance para conhecer uma coisa nova, mas não gostei. E detalhe final, o café da manhã não tinha pão.

Resolvi comparar as duas cias aéreas porque elas são parceiras e o tarifário para o Brasil é praticamente igual, mas com uma grande diferença no atendimento ao cliente, independente dele estar na classe econômica ou na primeira classe.

Assista o vídeo e conheça um pouco do aeroporto Charles de Gaulle e do serviço de bordo da AirFrance.

Todos os vídeos e posts da viagem estão aqui no Blog, busquem lá na guia Europa.

Se inscreva no blog e no canal e siga a gente nas redes sociais.

Um beijo e até o próximo post.

via IFTTT

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s