CHILE – Valparaiso e Viña del Mar

Ir para Santiago e não conhecer Valparaíso e Viña del Mar é imperdoável.

Se me perguntarem eu recomendo ficar pelo menos 3 dias entre as duas cidades e se deixar perder entre as suas ruas e o extenso calçadão da praia. Não importa se a sua viagem é no verão ou no inverno, o passeio é proveitoso o ano todo.

Não se preocupe com nada, porque tudo o que tem de estrutura urbana em Santiago também tem em Viña del Mar, ótimos restaurantes e cafés, lojas, rede hoteleira, e o melhor a vista belíssima do mar.

post-banner

Mas, se você pretende passar só um dia, vá cedinho, o caminho é um pouco longo, um pouco mais de 2 horas de carro. Na estrada é possível ver plantações de uvas dos vinhedos locais.

A cidade de Valparaíso tem muito artesanato chileno na região portuária e no topo do principal funicular. Aproveite para comprar lembranças de viagem típicas por lá. Os preços são bons se comparados ao do mercado municipal de Santiago ou ao Patio Bellavista.

Em Valparaíso é possível encontrar restaurantes tradicionais e com ótima comida típica chilena e da região, por preços muito convidativos. As porções são generosas e dois pratos servem muito bem para 3 pessoas.

Caminhar pelas ruas da cidade é uma verdadeira aula de história do Chile como um todo e dos costumes locais através das pinturas em grafite nos mutos e paredes das casas. Tome um tempo para observar e aprender.

A cidade de Valparaíso abriga ainda uma das casas de Pablo Neruda, que hoje é um museu, La Sebastiana.

De Valparaíso seguimos para Viña del Mar, que está pertinho, menos de 30 minutos de carro. Uma curta parada no relógio de flores, que funciona de verdade, e seguimos para o parque e calçadão a beira mar.

Uma grande área de lazer a beira mar, totalmente acessível ao público, com diversas atividades de lazer gratuito e outras pagas, e que proporciona que durante todo o ano a população possa desfrutar do local, ainda que o tempo não esteja propício para o banho de mar.

É muito gratificante ver que é possível implementar estrutura urbanística à beira mar e integrar a natureza ao espaço urbano sem destruir nada, garantindo o acesso ao maior número de pessoas possível.

Ficamos ali caminhando e apreciando a paisagem até que o sol se pôs. Ao longo da praia existem vários restaurantes e cafeterias onde é possível sentar e abrigado do vento frio do inverno, tomar um café e ver o sol se pôr no mar. Momentos inesquecíveis eu garanto.

Assista o vídeo, se inscreva no blog e no canal e siga a gente nas redes sociais.

Um beijo e até o próximo vídeo.

via IFTTT

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s