Anúncios

Hotel Barato em Santorini + Barco Hellenic Seaways

Nossos dias em Creta chegaram ao fim. Acordamos cedo, fizemos o check-out no hotel, tomamos um café bem reforçado e seguimos para o Porto de Heraklio.

O transporte público em Creta é muito bom, mas cedo de manhã é mais demorado, então acabamos pedindo para a recepção do hotel chamar um táxi, pois o Uber só funciona em Athenas mesmo. O valor do hotel até o porto não ficou muito caro, algo em torno de €10. O motorista perguntou para onde iríamos e estacionou exatamente em frente a rampa para entrar no barco.

Para ir da Ilha de Creta até a Ilha de Santorini existem duas opções, barco ou avião. De avião obrigatoriamente é feita uma conexão em Athenas o que deixa a viagem mais longa. Como já havia pesquisado isso antes e definido nossos meios de transporte, escolhemos o hotel, pela localização do aeroporto e do porto. Outro ponto a salientar é que de barco a bagagem não é pesada e é possível levar mais peso do que no avião, o que no fim das contas acaba saindo mais barato.

De barco tem duas empresas que fazem o trajeto, com preços praticamente iguais, nós escolhemos a Hellenic Seaways. Compramos as passagens um mês antes pela internet, acompanhando por uns 3 meses para ver se as passagens baixavam, o que não aconteceu para essa rota. Recomendamos não deixar para última hora pois os lugares mais baratos são os primeiros a esgotar. O barco é muito confortável, super limpo, assentos confortáveis, banheiros muito bons e limpos, lanchonete à bordo com bastante variedade. Os andares separam as classes de passagens, e não é permitido circular pelos outros andares não correspondentes ao do passageiro.

A viagem dura cerca de 2 horas e é bem tranquila, a tripulação anuncia informações pelo alto falante em grego e em inglês. Logo na chegada ao porto de Santorini, assim que o barco de aproxima é anunciado para que os passageiros se dirijam para as saídas e cada um retira sua própria bagagem que ficou alojada no piso inferior do barco. Ninguém mexe em nada, mas mesmo assim, sempre usem cadeados. As mochilas ficaram conosco o tempo todo no assento.

Saímos do barco e logo fomos abordados por pessoas oferecendo transfer até o hotel, por um preço razoável, mas já sabíamos da existência do transporte público da ilha e perguntamos por ele. Nos indicaram a direção e no meio da multidão, acabamos passando pelo ônibus, achando que era de turismo e depois perguntando novamente para um policial, voltamos e conseguimos os últimos assentos. Um funcionário ajudou a colocar as malas no bagageiro, pagamos as passagens (€2,30 cada) para o motorista, entramos e sentamos.

O ônibus público que sai do Porto vai até o terminal de ônibus em Thira, de lá tem ônibus para o restante da ilha. Nosso hotel ficava em Thira mesmo, então do terminal seguimos a pé, já nos familiarizando com a região.

O trânsito em Santorini é caótico, já tinha visto alguns relatos, por isso desde o início não planejamos alugar carro na ilha. Como só ficamos por 2 dias, nos concentramos em conhecer a região de Thira mesmo e fazer o que conseguíssemos a pé ou de ônibus. Um conselho, não tente andar pelas ruas principais onde passam carros, em muitos trechos não existe calçada e as ruas são bem estreitas o que faz com que os carros passem muito perto dos pedestres. Sempre prefira as ruas secundárias, ainda que tenha que dar uma volta maior. Na ilha também existem muitas locadoras de quadriciclos, o que pode ser uma boa pedida, para quem quiser percorrer as praias sem qualquer esforço, mas se prepare para esperar por vagas de estacionamento, que são bem escassas com várias zonas de proibição e intensa fiscalização da polícia que não hesita em multar quem quer que seja.

post banner novo

Chegamos no hotel, aguardamos na recepção por cerca de 30 minutos e já liberaram nosso quarto antes do horário de check-in. Escolhemos um hotel bem econômico, mas que tivesse uma boa localização para podermos fazer tudo a pé ou com facilidade para usar o transporte público. Algumas hospedagens reduzem o valor da diária tornando opcional o café da manhã e oferecendo uma jarra elétrica e itens básicos para o hóspede poder fazer um lanche no quarto mesmo. Escolhemos essa opção, e compramos os itens de café da manhã em um mercadinho perto. Na Grécia existem padarias maravilhosas, com pães muito gostosos, se você gosta, aproveite.

A Ilha de Santorini, tem mais de 1.200 opções de hospedagem. Com preços e serviços para todos os bolsos e exigências. A administração local incentiva bastante o uso do transporte público, e isso é seguido à risca por moradores locais e muitos turistas, o valor das passagens fica em torno de €2.

Assista o vídeo, se inscreva no blog e no canal e siga a gente nas redes sociais (InstagramFacebook, e  Twitter).

Um beijo e até o próximo post.

Essa publicação pode conter conteúdo publicitário e redirecionamento para parceiros do Blog.

via IFTTT

Anúncios

Deixe uma resposta