Anúncios

Grécia 16 – Megalochori – The Heart Rock (SANTORINI)

Tivemos 3 dias inteiros na Ilha de Santorini e posso dizer que foram muito bem aproveitados. Não seguimos a onda de turistas que correm de um lado para o outro da ilha, parando 30 minutos em cada lugar para tirar centenas de fotos. Ao contrário disso, vivemos nosso próprio tempo no nosso ritmo, respirando profundamente o ar e a paisagem de cada lugar visitado.

Perto do nosso hotel fica o Vilarejo de Megalochori. Tomamos um ônibus local, por menos de €2 cada um, com ar condicionado e interior de ônibus de viagem, super confortável. Acredito que os turistas usam mais o transporte público local do que os moradores. Essa linha de ônibus é a mesma que vai até um dos vinhedos da ilha, muito visitado por sinal. Descemos onde o motorista e o cobrador disseram que era o ponto mais próximo da rocha esculpida pelo vento em forma de coração, a “The Heart Rock”.

Ficamos parados no meio da estrada vendo o ônibus partir, um pouco perdidos. Eu sabia que teríamos que caminhar por uma trilha até chegar na rocha, mas não conseguimos ver nenhuma placa e como ainda era cedo de manhã, também não tinha ninguém por ali pra perguntar.

Sem muitos problemas pegamos o celular e abrimos o aplicativo do Sygic Travel (tem tutorial no canal sobre esse app), sem precisar de internet, porque já temos a assinatura que permite baixar os mapas offline, selecionamos o ponto turístico já pré selecionado e o app traçou a rota e nos guiou.



Booking.com

O tempo estava diferente dos dias anteriores, com um forte nevoeiro que cobria toda a parte da caldeira e não conseguíamos ver nada. Fomos caminhando devagar até chegar na “The Heart Rock”, onde também é um caminho para uma Igreja encravada na rocha, a Agios Nikolaos Church. A igraja estava aberta, entramos conhecemos, e ficamos ali no patio esperando o nevoeiro se dissipar. Uns 2 casais passaram por lá e nós praticamente ficamos ali sozinhos, contemplando, meditando, vendo os barcos chegarem na ilha, a caldeira de Santorini. É ótimo ter momentos assim, não só na viagem, mas na vida, contemplar e agradecer.

As imagens de drone ficaram ótimas, um verdadeiro espetáculo. Voltamos caminhando bem devagar para a vila, e já era de tarde, estávamos com bastante fome. Encontramos uma taverna familiar, em uma das ruas da vila, ainda estavam servindo almoço, nós sentamos, descansamos, o sol estava bem forte, comemos tranquilamente, uma salada grega, maravilhosa, e um espaguete com frango, muito gostoso. O tempero da culinária grega é muito parecido com o nosso no Brasil. É impossível não gostar da comida grega.

Renovados para mais um pouco de caminhada, fomos sem direção, explorando as ruas de Megalochori, analisando as diferenças com Firá e percebendo que a vida cotidiana na ilha é calma, sem pressa, e muito silenciosa. Fizemos um zigue zague nas ruas até chegar novamente na avenida principal onde o ônibus passava. Na esquina tinha uma padaria maravilhosa. Aliás, padaria na Grécia meus amigos, tem que ir e experimentar, só tem coisas maravilhosas.

Voltamos para o hotel onde deixamos nossas malas já prontas, descansamos mais um pouco, e seguimos para o aeroporto para mais uma viagem dentro dessa jornada pela Grécia.

Assista o vídeo, se inscreva no blog e no canal e siga a gente nas redes sociais (InstagramFacebook, e  Twitter).

Um beijo e até o próximo post.

Essa publicação pode conter conteúdo publicitário e redirecionamento para parceiros do Blog.

Anúncios

Deixe uma resposta