Chegamos em Veneza! Como contei no post anterior, fizemos a escolha de ir para Veneza de carro, alugando no aeroporto de Roma, o que pode ser muito bom se o tempo e o trânsito estiverem favoráveis e houver maior disponibilidade de tempo para paradas, mas não foi o nosso caso.

DE CARRO NA ITÁLIA

Agora que a viagem já acabou, podemos avaliar melhor as nossas escolhas e provavelmente faríamos escolhas diferentes, só alugando carro se estivéssemos em 3 ou 4 pessoas, e com mais tempo de parada em cada cidade, pelo menos 2 ou 3 dias só para essa região da Toscana. Imaginamos que Roma fosse tomar mais tempo para ser visitada, como aconteceu em Paris, mas não foi preciso, mesmo ficando longe do centro ficamos com 2 dias livres que poderíamos ter remanejado para a Toscana. Na próxima viagem vamos tentar mudar essa distribuição de dias em cada cidade.

Voltando a experiência de dirigir na Itália, os brasileiros precisam ter a PID (permissão internacional para dirigir), as estradas são ótimas, mas a quantidade de pedágios desanima, e dá uma quebrada no ritmo da velocidade, então considere sempre 20% a mais de tempo do que o previsto pela rota traçada pelo gps. O pagamento dos pedágios pode ser feito com dinheiro ou cartão, no primeiro pedágio ao entrar na estrada é retirado um ticket que marca onde começou o uso da rodovia, ao sair passa-se por outra praça de pedágio, e aquele mesmo ticket deve ser recolocado e o caixa automático calcula o valor devido, e aí é feita a cobrança, que pode ser pago em dinheiro ou cartão. É simples, mas como erramos algumas saídas, tivemos que refazer esse procedimento algumas vezes e isso gerou um acréscimo de 2 horas no trajeto.

Até poderíamos ter feito uma parada em Florença, mas choveu praticamente todo o dia, o que mudou nossos planos, e o tempo que teríamos para a parada foi consumido pelos erros de percurso. Outro detalhe importante é que nos postos de combustível tem dois preços, um mais econômico de auto serviço e outro mais caro de atendimento pelo funcionário. A escolha é determinada pela bomba onde se para o carro, é bom prestar atenção.

DEVOLVENDO CARRO NAS LOCADORAS EM VENEZA

Chegar de carro em Veneza não é complicado, para me familiarizar eu visualizei a estrada nas proximidades pelo google maps na função imagem satélite, então fiquei mais tranquila ao chegar na reta final da travessia da ponte, onde diminuem as faixas de carro e ao lado passa o trilho e o corredor de ônibus. Para chegar nas locadoras e no estacionamento público (que não significa gratuito), siga em frente até o fim, vai ter a saída para o porto e depois o edifício garagem gigantesco do estacionamento. A entrada para o edifício e as locadoras tem a mesma saída da rua, mas logo em seguida é possível ver as catracas para entrar no edifício garagem e logo do lado esquerdo uma pequena rua com vagas em 45º e as locadoras de carro, pare o carro ali. Se não houver vagas, pare rapidamente em fila dupla e chame um funcionário da locadora, a circulação dos veículos que estacionam ali é grande, pois essas vagas servem para a entrega e devolução dos carros.

Cuidado! As locadoras preveem uma cobrança extra de €50 caso o carro seja estacionado dentro do edifício garagem da Piazzale Roma. No nosso caso, mesmo o funcionário tendo feito a vistoria da devolução e recebido o carro em frente a loja da Hertz, entregando o recibo com tudo ok, o setor administrativo da empresa reteve parte do valor da caução da locação, cobrando novamente o valor da locação (que nós já tínhamos pago no Brasil, antes da viagem) e a taxa do estacionamento. Acionamos a agência que intermediou a locação do carro no Brasil e eles entraram em contato com a Hertz da Itália e cobraram o estorno das cobranças, que foi feito integralmente só depois de 3 faturas do cartão de crédito. Nós pagamos e só fomos reembolsados 3 meses depois. Pesquisando na internet descobri que isso acontece muito com locadoras de carro na Itália, mesmo as de rede internacional como a Hertz, é uma praxe do modo de trabalho de lá. Se acontecer com você, não desista e cobre até o fim a devolução.

CAMINHANDO EM VENEZA

Saímos da Piazzale Roma a pé e seguimos assim até o hotel. Decidimos fazer tudo caminhando ao invés de pegar o ônibus barco ou táxi barco. Nós estávamos com uma mala de bordo cada um, com peso de 8 kg em cada mala, o que não atrapalhou em nada o sobe e desce das escadas das dezenas de pontes que atravessamos. Usamos o aplicativo maps.me de gps para celular, gratuito e que funciona offline, desde que você baixe os mapas no celular. Claro que para quem está com mais peso, ou tem dificuldade de locomoção o melhor é a opção do barco, que também deve ser escolhida em caso de chuva. O trajeto não era longo, demorou mais por conta do grande movimento de pessoas em algumas ruas e nas travessias das pontes, já fomo curtindo a cidade e nos apaixonando pela arquitetura.

Veneza é apaixonante, respira um ar romântico, tudo forma um conjunto harmonioso, os edifícios, as ruas estreitas, os canais, as pontes, os gondoleiros,  que tem esse grande propósito, o de cativar o seus visitantes. O dia estava lindo, havia chovido na noite anterior, mas quando chegamos o sol já brilhava, colorindo ainda mais a cidade e os canais. Mesmo o movimento numeroso de turistas e a correria dos trabalhadores que cuidam de prestar todo tipo de serviço relacionado ao turismo, não retira a beleza da cidade. Em um segundo é possível sair de um campo aberto barulhento e lotado de pessoas e entrar em uma rua estreita e deserta onde reina o silêncio e lá vez ou outra surge um passante. Ou ainda, seguir por uma rua estreita que vai desembocar no grande canal, que se abre aos maiores edifícios e catedrais. Isso é Veneza.

Um dado curioso é a questão do cheiro. Ouvimos e lemos muitos comentários sobre como os canais da cidade tem mau cheiro e isso chega até aos quartos dos hotéis. Esse, inclusive, foi um dado marcante na escolha da hospedagem, descartamos os hotéis com muitos comentários nesse sentido e sobre habitações em mau estado de conservação. Contudo, na nossa visita de 3 dias em Veneza, não sentimos nenhum mau cheiro, forte ou fraco vindo dos canais. As ruas e a cidade em geral são muito limpas (fato que não constatamos em Roma, infelizmente).

MULTAS EM VENEZA

Veneza é uma cidade de muitas regras de comportamento, que se descumpridas geram multas, de valores altos. Conheça as regras e evite transtornos em sua visita à cidade:

Sentar em locais não identificados como permitidos Sanção: €200. É proibido sentar-se, na Praça São Marco, por baixo dos pórticos e degraus das Procuratie Nuove, da Ala Napoleónica e da Livraria Sansoviniana, na Piazzetta dei Leoncini, no correr do Porticato do Pálacio Ducal, na Praça São Marcos e no cais.

Consumir alimentos e bebidas nas ruas: Sanção €200. É proibido parar para consumir alimentos ou bebidas nas vias (exceto nas áreas em concessão aos Estabelecimentos Públicos), nas áreas de restauração especificamente identificadas, e jogar em solo público papel, frascos, garrafas e quaisquer outros tipos de detritos sólidos ou líquidos e dificultar a circulação permanecendo parado nas pontes e vielas.

Mergulhar: Sanção: €450. É proibido mergulhar, nadar ou tomar banho em todos os canais públicos ou abertos ao público e na Bacia de São Marcos e em todas as lagoas nas proximidades de centros habitados da Cidade de Veneza.

Andar de roupa íntima ou com o tronco nú: Sanção: €200. É proibido circular pelas ruas da cidade, permanecer parado em locais e estabelecimentos públicos, andar em meios de transporte públicos ou privados em roupa de banho ou tronco nú.

Dar Comida aos pássaros: Sanção: de €50 a €200. É proibido, por motivos higiénico-sanitárias e de salva-guarda do património artístico, dar comida e alimentos, ou deitar e abandonar detritos de alimentos nas ruas, praças ou outros locais públicos, rios e canais da Cidade de Veneza.

Circular com bicicletas ou velocípedes: Sanção: €100. É proibida a circulação de velocipedes mesmo se levados à mão no Centro Histórico de Veneza. Salvo exceção para os cidadãos residentes e crianças com idade até aos oito anos.

Acampamento: Sanção: €50. É proibido acampar, deitar-se nos bancos, permanecer parados mesmo se ocasionalmente com equipamento de campismo em toda a Cidade de Veneza.

Estas regras estão espalhadas em placas nos pontos de chegada dos turistas à cidade, entretanto muitos descumprem as regras. Não percebemos ninguém sendo multado, mas a presença da polícia é massiva na cidade.

CONHECENDO VENEZA

Começamos nossa visita a cidade de Veneza logo após fazer o check-in no hotel e deixar as malas no quarto. Trocamos de roupa e fomos caminhar para conhecer o Giardine della Biennale, onde ficam os jardins de Veneza, e uma das poucas regiões mais residenciais da cidade, onde é possível vivenciar um pouco da vida na cidade. A região fica na parte sul de Veneza e vale muito a pena conhecer principalmente se você estiver com crianças. O comércio da região tem os preços mais baratos em relação a região da praça San Marco. Os jardins são repletos de bancos para descanso, quadras e campos esportivos, playground e áreas de piquenique. Um ótimo local para quem quer ver o por do sol em Veneza longe das multidões.

Voltamos caminhando em direção ao hotel, costurando pelas ruas e pontes no caminho, e conhecendo toda a parte sul. Paramos para lanchar e experimentar o sorvete italiano, que realmente é um dos melhores do mundo, conhecemos lojas de máscaras e trajes típicos, que impressionam pelos detalhes. Foi nossa melhor escolha conhecer a parte sul no dia em que chegamos, estivemos na parte mais tranquila da cidade e mesmo tendo caminhado a tarde toda, foi um descanso mental e relaxante. No verão europeu o anoitecer acontece mais tarde, o que favorece muito pra quem quer conhecer as cidades, o sol se põe depois das 21h.


Assista o vídeo, e para receber mais conteúdo como este se inscreva no blog e no canal e siga a gente nas redes sociais (InstagramFacebook, e Twitter).

Nessa viagem tivemos boas parcerias, usamos os chips da Easysim4u com internet ilimitada em todos os países, a cobertura da Seguros Promo (para a Patricia), e a Banggood que ofereceu alguns acessórios de viagem .

Um beijo e até o próximo post.

Essa publicação pode conter conteúdo publicitário e redirecionamento para parceiros do Blog.

easysim banner

Europa 1

veneza

Anúncios

Veneza – Chegando de carro e o Hotel

Comente

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.