Pular para o conteúdo
Anúncios

O que não gostamos de ver em Roma

Primeiro quero afirmar que nós gostamos de visitar Roma, achamos a cidade bonita, foi uma viagem que nos trouxe muito aprendizado histórico e cultural, passamos muito bem nos dias que estivemos lá. Mas, existem coisas que vimos em Roma e que também já vimos em outros lugares do Brasil e do mundo, que não são legais, e precisam também ser faladas, porque acredito que é um das formas de fazer com que melhorem ou deixem de acontecer. Seria uma irresponsabilidade incentivar as pessoas a visitar um lugar, pintando ele como perfeito, quando a realidade não é bem assim. Isso se chama turismo responsável e influência responsável. Os problemas não vão deixar de existir se a gente olhar pro outro lado, isso é ter uma visão ingênua do mundo.

Feita essa introdução chata, mas necessária, vou contar o que mais nos decepcionou em Roma e justamente por se tratar de Roma e de Europa e de toda a visão romântica que se tem na internet.

LIXO ACUMULADO

Sim. Desde o primeiro dia que chegamos na cidade, reparamos a quantidade de lixo acumulada, transbordando das lixeiras. Chegamos em um sábado, então pensamos que poderia ser do fim de semana e em uma cidade com tanto movimento de turistas seria aceitável. Mas aí passou, domingo, segunda, terça, quarta, quinta, e fomos embora continuando a ver todo o lixo acumulado, só crescendo, averiguamos nos noticiários locais e jornais que tinham no hotel se estaria havendo alguma greve de lixeiros, e nada, estava tudo normal.

MATO CRESCIDO NOS PARQUES

Viajamos em maio, e era o fim da primavera, época em que as pessoas buscam visitar mais parques, as flores crescem e a beleza das plantas é mais evidente. Porém, o que vimos foram áreas verdes completamente abandonadas, como se não fossem projetadas para o uso da população. Bancos de praças destruídos, jardins abertos de edifícios largados com mato crescido onde deveria haver grama ou até passagem de pessoas. Os parques cercados ao lado do Coliseu e a própria área do Fórum Romano da mesma forma. O ponto alto da decepção foi quando visitamos a Villa Borguese, um dos principais parques da cidade, onde está localizada a Galeria de Arte Borguese e o Zoológico. Não conseguimos tirar fotos das estátuas que estavam espalhadas pelo parque porque simplesmente estavam cercadas por mato, que de tão alto impediam a sua visão, um completo abandono. Na entrada da escadaria que fica em frente a Galeria Nacional de Arte Moderna, a trilha estava tomada pelo mato, e o que antes deveria ser um jardim era uma mistura de plantas mortas com ervas daninhas.

CALOTE NO TRANSPORTE PÚBLICO

Esse foi um vídeo que dividiu opiniões. Nós comentamos que nos 5 dias que estivemos em Roma vimos várias pessoas de todas as idades entrando e saindo do ônibus sem validar os bilhetes ou cartões. Algumas pessoas que já moraram na cidade ou moram em outras cidades da Itália comentaram que pode ser o caso de pessoas que tem bilhetes mensais ou anuais e que por isso não se incomodam de validar pois eles teriam viagens ilimitadas. Assim caso o fiscal surgisse e requisitasse o bilhete ele constataria a sua validade. Tudo certo, nós compreendemos que pode ter ocorrido isso com algumas pessoas, mas não acreditamos que com todas, pois vimos também uma ou duas pessoas pularem as catracas do metrô. No metrô percebemos que perto das catracas sempre tinha um policial, para evitar justamente essa situação. Ou seja, de fato, não foi só uma má impressão que tivemos, de fato o calote no transporte público em Roma é real.

Viver em uma cidade grande não é barato e administrar uma cidade grande não é fácil. Nós moramos em São Paulo e podemos, guardadas as devidas proporções, comparar o serviço de zeladoria pública, o transporte público e o comportamento das pessoas.

Quando expectativas são frustradas, as pessoas reagem de formas diferentes para externar o seu descontentamento (eu por exemplo, estou escrevendo esse textão). Se alguém não cumpre o seu papel e a parte contrária não tem como forçar o seu cumprimento, surge um movimento de revolta silenciosa, exercitado por ações e omissões que pouco a pouco vão fazer mal pra todas as partes envolvidas. Pode muito bem ser o conjunto desses fatores que apontei, o governo que recebe impostos e deveria cuidar da cidade, se omite, a população que deveria pagar o transporte público como meio de revolta se omite, daí o dinheiro deixa de entrar e não tem de onde sair para cuidar da cidade, e obviamente em proporções maiores pode chegar ao ponto que já vimos muitas vezes no Brasil de serem extintos alguns serviços para a população, porque simplesmente não existe mais uma fonte de custeio daquele serviço.

Roma não é São Paulo, e a Itália com certeza não se compara com o Brasil. O dinheiro que o país e a cidade movimentam com o turismo é gigantesco, e chega a todas as camadas da população, todo mundo consegue uma fatia do dinheiro do turismo. Da pessoa que vende o chaveirinho na rua, passando pelo ônibus de city tour, transporte público com passes de turismo, hospedagens, desde a mais barata a mais luxuosa, cias aéreas, lojas de todo o tipo de produto, restaurantes, e o próprio governo com toda a gama de impostos gerados na venda de todos esses produtos e serviços (todos mesmo, até o chaveirinho na rua). Pensando nisso, será mesmo que não dá para recolher o lixo e cortar o mato dos parques e praças?

Ainda recomendo visitar a cidade, pois é um poço de história viva, e cultura e beleza, mas não em todos os lugares. Queremos voltar um dia e poder contar uma história diferente.

Nessa viagem tivemos boas parcerias, usamos os chips da Easysim4u com internet ilimitada em todos os países, a cobertura da Seguros Promo (para a Patricia), e a Banggood que ofereceu alguns acessórios de viagem .

Assista o vídeo, e para receber mais conteúdo como este se inscreva no blog e no canal e siga a gente nas redes sociais (Instagram, e Facebook).

Um beijo e até o próximo post.

Essa publicação pode conter conteúdo publicitário e redirecionamento para parceiros do Blog.

easysim banner


Seguros Promo


Seguros Promo

banner 728x90

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s