Tutorial: Le Club Accor

Viajar já é bom demais, e viajar gastando menos é melhor ainda.

Hoje vou falar sobre o programa de fidelidade da rede de hotéis Accor Hotels. O LeClubAccor está entre as maiores redes de hotéis e com as mais variadas categorias de hotéis. Tem hospedagem para todo tipo de orçamento e perfil de viajante.

Na minha opinião, um dos grandes atrativos do programa são as inúmeras parcerias que permitem transferir pontos para o programa. É possível usar esses pontos em hospedagens ou ainda retransferir os pontos para outros programas de fidelidade parceiros.

Sim, é possível fazer uma triangulação dos pontos que estão em uma cia aérea e fazer eles chegarem em outra cia aérea, mesmo que diretamente elas não sejam parceiras. Saber se vale a pena ou não essa multi transferência é uma questão bem pessoal e que exige muitos cálculos e reflexão.

Os pontos no programa de fidelidade podem nascer de hospedagens nos hotéis que permitem o acúmulo de pontos, ou chegar através das transferência dos pontos de algum dos parceiros.

A conversão dos pontos que chegam dos parceiros na maior parte das vezes não é igualitária, por isso pense bem no custo benefício que vai ter para você antes de transferir.

post-banner

Várias vezes por ano o programa faz promoções segmentadas entre os continentes ou países e oferece descontos ou serviços gratuitos com as reservas.

Participar do programa é gratuito, e os preços sempre são menores para os participantes. Em geral, quanto maior a categoria do hotel, maior o desconto e mais serviços gratuitos incluídos.

Os valores das diárias também mudam de acordo com a quantidade de noites de hospedagem e dias da semana de menor movimento.

Esse post foi só uma visão geral e superficial sobre o programa, para saber detalhes de como pesquisar, usar e trocar os pontos, assista o vídeo.

Assista o vídeo, se inscreva no blog e no canal e siga a gente nas redes sociais (InstagramFacebookTwitter, e Snapchat).

Um beijo e até o próximo post.

Essa publicação pode conter conteúdo publicitário e redirecionamento para parceiros do Blog.

via IFTTT

Tutorial: Como trocar os pontos do Smiles (GOL)

Depois que você decidiu transferir os pontos do seu cartão de crédito para o Programa de Fidelidade do Smiles (GOL) é hora de saber como trocar esses pontos e fazer eles virarem passagens aéreas, diárias de hotel ou o que a sua imaginação desejar.

O site do Smiles passou por várias mudanças nos últimos anos, agregou mais facilidade para o participante do programa ter o máximo de autonomia ao trocar os pontos. É possível fazer praticamente tudo sozinho sem precisar da ajuda dos atendentes do chat ou da central telefônica.

Para aqueles que juntam os pontos no programa através de voos na própria cia aérea GOL ou nas cias aéreas parceiras, o site dispensa apresentações e maiores explicações. Mas mesmo assim o tutorial pode ser bem útil para você que começou agora a juntar milhas aéreas voando.

É possível usar os pontos para trocar por produtos, serviços, diárias em locadoras de veículos, hotéis, passagens aéreas na própria Gol ou nas cias aéreas parceiras.

No site você também acessa sua conta e administra os pontos adquiridos, requisita o acúmulo dos pontos voados na Gol ou nas cias aéreas parceiras. Pode comprar pontos, transferir pontos, fazer a adesão ou cancelar a adesão ao Clube Smiles.

banner

A pesquisa das passagens aéreas é um pouco restrita e não apresenta o resultado de pontos necessários para os demais dias, e nem uma segunda opção com a pontuação do mês inteiro, como acontece no site do Multiplus.

Por outro lado, uma das grandes vantagens do Smiles é a facilidade de trocar pontos por passagens aéreas nas cias aéreas parceiras, direto no site, e em várias ocasiões os valores são bem atrativos e até menores do que os cobrados em voos da própria GOL.

O passo a passo completo do Tutorial está no vídeo.

Assista o vídeo, se inscreva no blog e no canal e siga a gente nas redes sociais (InstagramFacebookTwitter, e Snapchat).

Um beijo e até o próximo post.

Essa publicação pode conter conteúdo publicitário e redirecionamento para parceiros do Blog.
via IFTTT

Tutorial: Como trocar os pontos do Multiplus (LATAM)

Um Tutorial pra ajudar você a trocar os seus pontos do programa de fidelidade Multiplus da LATAM.

Depois de juntar pontos no cartão de crédito, comprar produtos nas lojas parceiras do programa de fidelidade, acumular milhas com os voos que você fez pagando com dinheiro, chega o momento de trocar esses pontos.

Se você ainda não sabe como juntar milhas, precisa assistir primeiro a esse vídeo (é só clicar e o link vai abrir automaticamente).

Você pode trocar os pontos por produtos, passagens aéreas na própria LATAM ou nas cias aéreas parceiras, e ainda transferir para parceiros do programa, como redes de hotéis e outras categorias relacionadas com viagens ou não. Você decide o que é melhor pra você naquele momento. Escolha bem, pois as trocas não podem ser desfeitas.

No site do Multiplus é possível simular a quantidade necessária de pontos para obter o produto ou serviço, antes de efetivamente realizar a troca.

Lembre sempre que cada pessoa titular de um CPF precisa ter um cadastro para transferir pontos do cartão de crédito ou dos voos realizados, então já faça o cadastro no programa, é gratuito.

Sempre pesquise o site antes de decidir transferir seus pontos do cartão de crédito. Veja quantas milhas serão necessárias para te levar ao seu destino.

Está em dúvida sobre a data da viagem e/ou destino? Faça simulações à vontade no site para saber onde suas milhas podem te levar.

O tutorial em vídeo mostra o passo a passo para realizar o cadastro no programa, juntar pontos com os parceiros do programa, trocar os pontos por produtos ou serviços e pesquisar passagens aéreas usando as milhas existentes no programa.

banner

Assista o vídeo, se inscreva no blog e no canal e siga a gente nas redes sociais (InstagramFacebookTwitter, e Snapchat).

Um beijo e até o próximo post.

Essa publicação pode conter conteúdo publicitário e redirecionamento para parceiros do Blog.

Tutorial Rentcars (aluguel de carros)

Alugar um carro para viajar ou usar ao chegar no destino torna a viagem mais independente e possibilita inúmeras descobertas que não seriam possíveis nos passeios turísticos programados, além de flexibilizar os horários de saída, chegada e tempo de parada.

Como saber qual a melhor locadora sem ter que entrar no site de cada uma para pesquisar, e mais, como lidar com os sites das locadoras internacionais que não estão em português?

Para facilitar e muito as nossas pesquisas existem vários sites que agregam as maiores locadoras no mundo todo e permitem em uma única pesquisa descobrir o que cada uma delas oferece e o preço cobrado.

Nesse vídeo fizemos um tutorial de pesquisa e reserva de carros no site da rentcars.com que nós já utilizamos em algumas viagens e agora é parceira do Blog.

Assim como na reserva de hotéis, o aluguel de carros também tende a aumentar com a proximidade da data de retirada, principalmente em cidades muito turísticas e em períodos de férias e feriados.

rentcars-banner

Dentre as vantagens de poder reservar em um ambiente que já está todo em português, com as condições da locação detalhadas antes mesmo de concluir a reserva, é poder ter o atendimento em português para resolver qualquer dúvida ou problema, antes, durante ou depois da locação.

Financeiramente outra grande vantagem é pagar o valor da locação no exterior já convertido em reais e sem a variação cambial do cartão de crédito e também a incidência do IOF. Ainda existe a possibilidade de pagar no boleto com desconto.

Um fator que assusta muito os brasileiros nas locações no exterior é que ao chegar no balcão da locadora para retirada do veículo são oferecidos todos os seguros opcionais que ainda não foram incluídos na reserva, e nem sempre o funcionário fala português ou explica corretamente a importância real da contratação daquele seguro opcional. O que acontece é que por medo, muitos acabam acrescentando os seguros opcionais com custo diário e quase que dobrando o valor da locação, por desconhecerem que os seguros incluídos já eram mais do que suficientes.

Sem sombra de dúvida os sites de pesquisa e reserva de locação de carros vieram para facilitar e muito a vida dos viajantes.

Dicas importantes na hora de alugar um carro:

  • Escolha o modelo adequado para a quantidade de pessoas, perfil de cada viajante, número de malas e distância percorrida. Com idosos e crianças que usam cadeirinha pense em carros mais confortáveis, principalmente se for rodar mais do que 2 horas na estrada todos os dias. Se estiver com muitas malas, mas for ficar relativamente perto do aeroporto e só vai precisar do espaço para as malas na hora de chegar e ir embora, compare o preço de um veículo maior com uma segunda viagem do aeroporto até o hotel para transportar todas as malas.
  • Esteja com a habilitação para dirigir válida. A carteira internacional de habilitação só é exigida em alguns países, principalmente naqueles em que o alfabeto não é o romano.
  • Tenha um cartão de crédito internacional com limite suficiente disponível e que possa ficar caucionado (limite bloqueado) até 3 dias depois do fim da locação. Mesmo pagando a locação antes, ou escolhendo pagar com dinheiro ao final, será exigido uma caução que é feita obrigatoriamente em um cartão de crédito (não vale travel money) para garantir a cobertura das despesas em caso de sinistro com o carro.
  • Não permita que outra pessoa dirija o veículo se não estiver pré-autorizada no contrato de locação. A opção de segundo condutor exige a identificação deste no momento da retirada do carro no balcão da locadora.
  • Escolha retirar o carro com o tanque cheio e devolver com o tanque cheio. Calcule o tempo necessário para abastecer perto do local da devolução do carro. Existe uma tolerância de distância do último abastecimento, guarde o recibo do posto de combustível, ele pode ser requerido. Verifique o ponteiro do combustível antes de sair com o carro da locadora. Se não estiver marcando cheio, faça constar a posição do ponteiro no laudo de vistoria. Pagar pelo tanque de combustível sempre sai mais caro do que abastecer fora do aeroporto e devolver com o tanque cheio, além do que dificilmente você vai querer se arriscar a chegar sem combustível no aeroporto e com isso as locadoras sempre recebem os carros com mais de 1/4 de combustível no tanque.
  • Baixe aplicativos GPS gratuitos no celular e evite pagar pelo aluguel de GPS da locadora. Nós usamos e recomendamos o HERE e o MAPS ME que funcionam sem internet, você só precisa fazer os downloads gratuitamente dos mapas.
  • Qualquer problema que tiver com o carro é só parar em qualquer agência da mesma empresa locadora e comunicar o problema para que o carro seja substituído. Não precisa ficar desesperado por nada, as locadoras estão preparadas para atender imprevistos.
  • Todas as multas eventualmente recebidas pelo veículo no seu período de locação serão encaminhadas para você pela locadora, que em alguns casos, como aconteceu conosco na França pode cobrar uma taxa por ter sido intimada a fornecer seus dados para o departamento de trânsito local.
  • Revise completamente o interior do carro quando for devolver para ver se não esqueceu de retirar nenhum objeto pessoal, principalmente os suportes para celular e GPS que se prendem ao para-brisas.

Divirta-se tendo a liberdade de viajar e escolher seu próprio caminho.

Assista o vídeo, se inscreva no blog e no canal e siga a gente nas redes sociais (Instagram, Facebook, Twitter, e Snapchat).

Um beijo e até o próximo post.

Essa publicação pode conter conteúdo publicitário e redirecionamento para parceiros do Blog.

via IFTTT